Plantas na Decoração de Salas e Ambientes Ativos

Quais Plantas Usar na Decoração de Salas e Ambientes Ativos

As plantas são componentes de decoração que trazem vida, alegria e preenchem o ambiente sem serem invasivas.

No artigo “Segredos do Fotorrealismo – Modelagem” (veja o artigo completo aqui) eu falo sobre inserir plantas e outros componentes de decoração nos projetos para deixá-los mais realistas e com mais riqueza de detalhes.

Mas para criar dar mais um visual ainda mais caprichado e realista na sua cena você precisa ter componentes bem modelados e de plantas que realmente sejam usadas no mundo físico.

Lembrando sempre que se o seu objetivo é criar um projeto ou cena realista, é sempre muito importante levar em conta o comportamento do mundo físico (mundo real) para reproduzi-lo em 3D, por isso é importante saber que quais as vegetações corretas usar para cada situação.

Então preparei algumas dicas de plantas que podem ser usadas em salas e ambientes ativos, além de alguns componentes para Sketchup de plantas com boa modelagem.

Arvores para Salas e Ambientes Ativos

Na verdade, “Ambiente Ativo” é apenas um termo que eu mesma inventei para definir ambientes ou áreas com maior circulação de pessoas, como salas, salas de jantar, halls de entrada e recepções.

Como esses ambientes são geralmente áreas que reúnem família e amigos (inclusive recepções, os clientes devem ser tratados como amigos muito queridos sempre), essas áreas devem ser alegres, aconchegantes e confortáveis e nada melhor do que uma bela árvore para trazer essas sensações tão agradáveis.

Sim, podemos ter pequenas árvores em ambientes internos, desde que seja usada a espécie correta e adaptável a essa nova situação, ela precisa encontrar condições mínimas de sobrevivência. No início pode ser que ela se ressentirá um pouco no novo ambiente. Por isso é importante escolher a espécie correta e mudas sadias, assim ela sofrerá menos com a adaptação.

Para tornar mais aconchegantes esses ambientes assim, traga uma árvore para o lugar certo e você terá

– Palmeira Areca-Bambu ou Bambu Areca (Dypsis lutescens):

A Areca-Bambu é uma planta que se adapta muito bem a ambientes internos, além de por isso é muito utilizada devido ao seu rápido crescimento e por ser fácil de modelar. É possível manter uma árvore de pequeno porte em um vaso, formar pequenos grupinhos que podem ser usados também em áreas externas chegando a palmeiras de dez metros de altura.

– Palmeira Kentia (Howea forsteriana):

A Kentia é uma palmeira que forma parte da família das Arecaceae. Esta palmeira conta com a sua origem na Austrália.

Esta palmeira ornamental é uma das que conta com maior popularidade em vários países do mundo podendo ser usada tanto em áreas externas quanto internas, por isso é uma palmeira muito usada em escritórios, halls, lobbies, shoppings, salas de estar, e outros ambientes que necessitem de uma aura de tropicalidade.

“Mesmo em climas temperados é possível cultivá-la com sucesso. Sua manutenção é baixíssima, tolerando calefação, ar condicionado, pouca luz e, mesmo que seja negligenciada, ainda é capaz de vegetar com esplendor por muito tempo. Seu crescimento é bastante lento, o que se torna uma qualidade quando pensamos em sua aptidão como planta de interior, evitando assim replantios periódicos.”

– Bambu Mosso (Phyllostachys pubescens):

O bambu mosso não forma touceiras como a maioria dos bambus, pode ser usado em ambientes internos e externos, sozinho em um vaso ou vários ramos em cachepôs e jardins de inverno.

– Pata de Elefante (Beaucarnea recurvata)

Ela é considerada um arbusto ou arvoreta, que pode alcançar cerca de 5 metros de altura quando adulta. Seu tronco é muito ornamental, geralmente único com a base dilatada, para o armazenamento de água. Uma adaptação para sobreviver por longos períodos de estiagem.

 

E se você tem alguma dúvida ou gostou desse artigo, deixe um comentário pra mim logo abaixo do post.

Um grande abraço e até a próxima!

Izabel Lima

2 Comments

  • Gustavo

    Reply Reply 29 de junho de 2015

    Muito bom esse artigo, rico em informações paisagísticas que nos permitirá uma melhor composição projetual, no meu caso além da vida profissional com certeza ajudará na vida acadêmica. Parabéns um artigo muito bem elaborado, sucinto e objetivo. Sempre que tiver outros artigos pode ficar a vontade para repassá-lo a mim, sou grato por lembrar de mim. Obrigado.

  • Rosilane Soares

    Reply Reply 29 de junho de 2015

    Amei suas dicas, muito legal é sempre enrriquecedor conhecer sobre plantas ornamentais pois elas dão mesmo um ar e um clima diferenciado nos ambientes, Parabéns pela matéria Isabel.

Leave A Response

* Denotes Required Field